O Carnaval está aqui e começou com tudo

Chegou a hora! Na abertura oficial do carnaval de Diamantina, cinco bandas marciais arrastaram foliões da Praça Niemeyer ao Mercado Velho.

As bandas Euterpe, Meninos de Ouro, Mirim, Santa Cecília de São João da Chapada e Santana de Inhaí deram o primeiro tom da folia, com alegria e musicalidade ímpar.

Quem acompanhou o cortejo, ao chegar à Praça da Catedral viu um espetáculo que buscou resgatar antiga tradição. Segundo pesquisas realizadas por historiadoras da Diretoria de Patrimônio Cultural, peculiaridade presente nos cortejos do carnaval diamantinense tratava-se de uma subversão relativa às tradicionais procissões sacras do catolicismo ibérico. No carnaval, uma outra procissão se formava percorrendo as ruas acompanhada por música e com figuras mitológicas como Mercúrio, Vênus e Baccho, carregadas em andor. Baccho, o filho de Júpiter e de Semele, prazenteiro senhor dos ébrios, representava o deus nos três dias de carnaval, numa ligação simbólica do sacro e o profano com a representação dos deuses gregos.

Na abertura do Carnaval 2017, a criação do Bloco Deuses da Folia rememorou esta tradição, através de trabalho desenvolvido pelo artista plástico Marcelo Brant, que trouxe as figuras mitológicas, Deusa do Amor e Deus do Vinho, carregados em andor, e que, literalmente, roubaram a cena.

Já no Mercado Velho, houve a primeira edição da entrega do Título de Guardião do Carnaval de Diamantina, conferido a pessoas e grupos, verdadeiros marcos do carnaval diamantinense. A entrega foi feita pelo Prefeito Municipal de Diamantina, Juscelino Brasiliano Roque, a Secretária de Cultura, Turismo e Patrimônio, Márcia Betânia de Oliveira Horta e o Sr. Chocolate, este representando os músicos da cidade.

Ali representados pelas famílias, foram homenageados postumamente: Jaime Gordo, Paulo Almeida (Paulinho), Paulo Roque dos Santos, Tunicão, que pelos seus feitos, serão sempre lembrados.

Também foram agraciados com o Título de Guardião do Carnaval de Diamantina, o Bloco Rato Seco, o Bloco Sapo Seco, Carlos Adriano Botelho Neves (Ratin), Erivaldo Nascimento, Gleydson Lenner Souza, Sr. Macena e William Spangler.

Segundo Márcia Betânia, as homenagens, na verdade, são indistintamente, para todos que fazem do carnaval uma história de vida, de amor, cujas histórias se confundem com as histórias do carnaval de diamantina e espera-se dar continuidade à entrega do título, realizando nova edição a cada ano.

O prefeito Juscelino disse fazer um desabafo em forma de agradecimento a todos que acreditaram e contribuíram para a realização do novo formato de carnaval e afirmou que, certamente, os próximos tendem a ser cada vez melhores. Ao encerrar, desejou aos dimantinenses e visitantes uma excelente folia e, ao oficialmente declarar aberto o Carnaval 2017, destacou: “Este é ocarnaval da família, o carnaval do jovem, o carnaval do adulto, o carnaval da melhor idade, o carnaval da criança, o carnaval do povo, porque a rua é do povo. Este é o carnaval que valoriza nossa gente”!

E a festa de abertura se estendeu com um verdadeiro baile de carnaval no Mercado Velho, animado pelo encontro das bandas marciais, onde muitos foliões já se reuniam à espera do Bloco “Me ampara se não eu caio”.

ASCOM – Prefeitura Municipal de Diamantina / MG

DSCF7204 (Copy) DSCF7218 (Copy) DSCF7226 (Copy) DSCF7239 (Copy) DSCF7273 (Copy) DSCF7284 (Copy) DSCF7293 (Copy) DSCF7305 (Copy) DSCF7309 (Copy) DSCF7316 (Copy) DSCF7319 (Copy) DSCF7326 (Copy) DSCF7340 (Copy) DSCF7361 (Copy) DSCF7367 (Copy) DSCF7368 (Copy) DSCF7372 (Copy) DSCF7379 (Copy) DSCF7387 (Copy) DSCF7391 (Copy) DSCF7392 (Copy) DSCF7393 (Copy) DSCF7395 (Copy) DSCF7396 (Copy) DSCF7397 (Copy) DSCF7399 (Copy) DSCF7401 (Copy) DSCF7404 (Copy) DSCF7406 (Copy) DSCF7409 (Copy) DSCF7411 (Copy) DSCF7419 (Copy) DSCF7423 (Copy) DSCF7198 (Copy) DSCF7202 (Copy) DSCF7203 (Copy)