PIONEIRISMO EM DIAMANTINA, PROJETO REINTEGRAÇÃO AMPLIA ATENDIMENTO E MAIS PRESOS DO REGIME FECHADO TÊM A OPORTUNIDADE DE TRABALHAR NA CAPINA DAS RUAS EM DIAMANTINA

DIAMANTINA 12.04.2018 – O projeto ReintegrAÇÃO foi ampliado em Diamantina e, agora, 17 presos do regime fechado estão trabalhando na limpeza das ruas do município. Em contrapartida, os detentos têm a possibilidade de redução de pena, acesso a uma ajuda pecuniária e, principalmente, a um processo de reinserção à sociedade. O ReintegrAÇÃO faz parte da política do prefeito de Diamantina, Juscelino Roque, de dar mais dignidade para os presos e suas famílias. Juscelino atua há mais de 20 anos pela inclusão social de detentos.

O ReintegrAÇÃO é uma iniciativa pioneira da Prefeitura Municipal de Diamantina, da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Agropecuário e Meio Ambiente, do Poder Judiciário, representado pelo Juiz de Direito da Comarca, Dr. Tiago Ferreira Barbosa; do Ministério Público, por meio do promotor Dr. Paulo Márcio, e da direção do Presídio Regional, na pessoa do seu diretor José Maria dos Santos Malta. O projeto foi lançado em agosto do ano passado com dez detentos, sendo que desses sete continuam participando e três foram desligados já que progrediram da pena e passaram ao regime semi-aberto .

Nesta semana, foram liberados mais dez presos para participar do projeto, totalizando 17. A secretária de Desenvolvimento Agropecuário e Meio Ambiente, Márcia Elisa Rocha, acompanhou na quarta-feira, 11 de abril, o trabalho dos detentos e pode presenciar o sucesso do projeto. O supervisor de uma das turmas do ReintegrAÇÃO, o servidor Claudinei Aparecido Silva Oliveira, disse que o serviço é muito bem feito pelos presos. O eletricista automotivo Jozadaques Costa Santos disse que nunca viu uma capina tão bem feita como a realizada pelos detentos à margem da avenida do Contorno, em Diamantina. “Este é um modelo que precisa ser ampliado em Diamantina e copiado por outros municípios”, declarou.
Os presos trabalham na limpeza urbana durante seis horas por dia – das 7h às 13h -, sendo acompanhados em tempo integral por servidores públicos municipais e periodicamente por agentes penitenciários.

DEPOIMENTOS
“Quando fiquei sabendo do projeto ReintegrAÇÃO, eu pedi a oportunidade para participar. Trabalhei por muitos anos na limpeza pela Prefeitura de Itamarandiba. No próximo final de semana, quando vou receber a visita da minha família, terei uma boa notícia para dar a eles. Obrigado ao prefeito e a todos aqueles que ajudaram na realização deste projeto”. Detento recém-integrado ao projeto, 48 anos de idade.

“Este projeto vai me ajudar demais e me sinto ainda com mais vontade de sair da cadeia e ter uma vida normal. Agora vou poder cumprir a minha pena mais rápido e ainda ganhar algum dinheiro”. Detento recém-integrado ao projeto, 30 anos de idade.

“Estou no projeto há sete meses. Mudou muita coisa em minha vida. Agora mesmo pude ver minha filha passando na rua depois que saiu da escola. A gente passa a ter uma perspectiva nova de vida e a população também vê e reconhece o nosso trabalho”. Detento integrado ao projeto há sete meses, 32 anos de idade.

PREFEITURA MUNICIPAL DE DIAMANTINA
NOSSO MAIOR PATRIMÔNIO É VOCÊ!

Nas fotos, o trabalho feito por presos do regime fechados que participam do Projeto ReintegrAÇÃO, na capina no bairro Vila Arraiolo e na avenida do Contorno