Toquinho encanta plateia no “Minas ao Luar” especial Diamantina

Edição histórica teve participação do coral Colônia Diamantina e de Sanducka

Um grande e emocionante show de música brasileira. Foi assim o Minas ao Luar Especial Diamantina, realizado na noite de sexta-feira (24/4), com um ícone da música nacional, o cantor e compositor Toquinho. Ele convidou a cantora paulistana Anna Setton, que vem o acompanhando em turnês no Brasil e no exterior. Com abertura do tradicional coral Colônia Diamantina e de Sanducka e Banda, a apresentação, que contou com o apoio da Globo Minas, foi na Praça do Mercado Velho, no Centro, e empolgou o público de aproximadamente 4 mil pessoas.

Principal atração da noite, Toquinho subiu ao palco e foi saudado calorosamente. Pessoas de diferentes lugares do Brasil se encontraram na cidade para esse momento, que já entrou para a história do Minas ao Luar e também de Diamantina.

É o caso do casal Viviane e Anderson Alexandre, empresários. Eles vieram do município de Silva Jardim, no Rio de Janeiro, para percorrer os caminhos da Estrada Real. “Quando soubemos desse grande show resolvemos ficar aqui. É maravilhoso poder ouvir música brasileira de qualidade, principalmente num clima tão agradável e com uma população tão hospitaleira”, comentou Viviane.

viviane+e+anderson

O casal Viviane e Anderson Alexandre, do município de Silva Jardim, no Rio de Janeiro, fizeram questão de acompanhar o ‘Minas ao Luar Especial Diamantina’ (Crédito: Tarcísio de Paula)

Maria Helena Dumont Souza e Eduardo Souza são casados e moram há 30 anos no município. Para ela, “mesmo depois de um dia de muito trabalho, vale a pena participar de um evento como este”.  Já Priscilla Seixas Moura disse que shows assim são imperdíveis. “A cidade fica repleta de música”, declarou a estudante de odontologia.

casal

Maria Helena Dumont Souza e Eduardo Souza, casados e residentes há 30 anos em Diamantina, não perderam a oportunidade de assistir de perto as atrações da noite (Crédito: Tarcísio de Paula)

E Toquinho, claro, não decepcionou os fãs. Ele apresentou o show Toquinho, 50 anos de música, marco completado pelo artista em 2014. O público ouviu e cantou diversas canções consagradas. Entre elas: Aquarela, Tarde em Itapuã, Que maravilha, Escravo da alegria, O caderno, A casa, Samba de Orly, entre muitas outras que são verdadeiros clássicos. Uma profusão de sucessos que fazem parte da história da música brasileira.

Toquinho falou da importância do Sesc e também do Minas ao Luar para valorização da música nacional. “Essa é uma iniciativa incrível que apresenta shows de qualidade, de graça, nas praças das nossas cidades. Isso é maravilhoso e precisa continuar. É uma honra fazer parte dessa história. O Sesc é uma das poucas coisas que funcionam no Brasil”, afirmou. Em fevereiro deste ano, ele já havia participado do Sesc Chorinho e Samba na Praça Especial de Carnaval, quando encerrou a programação do Palco Sesc, na Pampulha, em 14 de fevereiro. Veja aqui como foi.

TRADIÇÃO
Diamantina tem uma forte tradição musical. Foi no município que o Minas ao Luar surgiu, em 1994, por meio de um movimento de músicos mineiros liderados por Waldir Silva, falecido em 2013. Desde a criação do projeto, a iniciativa só cresceu e soma, hoje, 621 edições em todas as regiões do estado e também fora de Minas Gerais. Mais de dois milhões de pessoas já assistiram as apresentações. Todo esse sucesso já rendeu a produção de três discos – Minas ao Luar: Canções 1; Minas ao Luar: Canções 2; Minas ao Luar: Canções 3 – e um livro, com letras e cifras para acompanhamento em violão, o Minas ao Luar: Canções.

Além disso, o Sesc lançou, em dezembro de 2014, o primeiro DVD do projeto: Minas ao Luar ao vivo, gravado no Grande Teatro do Sesc Palladium, em Belo Horizonte. O DVD está sendo distribuído gratuitamente, nas apresentações, como já acontece com os três discos e o livro produzidos anteriormente.

Fonte: http://www.sescmg.com.br/wps/portal/sescmg/centrais/central_noticias/noticia_aberta/cultura+-+noticias/minas+ao+luar+especial+diamantina+1

coral colônia  Toquinho50 anos3 4 Toquinho

(Crédito: Tarcísio de Paula)